Saltar para o conteúdo

Abdulai Sila e a formação da edição e da literatura na Guiné-Bissau

24 de Março de 2021

A conversa sobre o escritor guineense e criador da primeira editora privada no país decorre no dia 24 de Março de 2021, às 17h.

A biblioteca pública paulista Paulo Duarte, dinamiza, durante o mês de Março, um programa de conferências online. No dia 24 de Março, às 17h Marcelo Stella e Issaka Mainassara Bano vão falar sobre o escritor guineese Abdulai Sila, considerado o autor do primeiro romance do país, “Eterna Paixão” (1994). Criou a primeira editora privada da Guiné-Bissau, a Kusimon. A discussão de hoje centrar-se-á no seu segundo romance, de 1995, “A Última Tragédia”. O livro narra a trajetória da personagem Ndani/Daniela e passa-se durante período pré-independência. Aborda questões como as relações de opressão e dominação entre colonizadores e colonizados, a posição das mulheres na sociedade tradicional africana e o papel da religião e da educação no período colonial.

Marcello Stella é licenciado em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo, tendo estudado na Université Lumière Lyon 2. É mestre em Sociologia também pela Universidade de São Paulo, tendo centrado o seu trabalho na literatura brasileira contemporânea e nas origens sociais dos seus escritores e escritoras. Actualmente, é doutorando em Sociologia pelo Programa de Pós-graduação em Sociologia da Universidade de São Paulo, com o projeto Literaturas de Língua Portuguesa: escritores em um espaço literário transnacional.
Issaka Mainassara Bano é licenciado em Relações Internacionais pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo (2015), mestre em Educação pela Faculdade de Educação-Unicamp (Bolsista Capes) e doutorando em Sociologia pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas-Unicamp, com projeto Escritores africanos de língua francesa: uma análise cultural (1960-2000). É membro do Núcleo de Estudos Carolina Maria de Jesus (Bitita)- Unicamp, investigador do Centro de Estudos Rurais e Urbanos-USP e coordenador do Colectivo Raízes São Paulo. Tem experiência na área de imigração, sociologia, educação e literaturas africanas.
Pode aceder ao evento através deste link.