Saltar para o conteúdo

Atribuídas 25 bolsas para residências artísticas na área da música e artes cénicas

17 de Novembro de 2020

Projeto da União Europeia PROCULTURA PALOP-TL atribui 25 bolsas para residências artísticas na área da música e artes cénicas

Artistas dos cinco PALOP e Timor-Leste irão frequentar, em 2020 e 2021, residências artísticas nas áreas da música e das artes cénicas, com apoio do projeto da União Europeia PROCULTURA PALOP-TL.

Os 25 artistas selecionados nesta 2.ª edição do concurso para atribuição de bolsas nas áreas da música e artes cénicas irão frequentar residências artísticas em diversos países (Brasil, Espanha, França, Indonésia, Itália, Malásia, Portugal e Uganda), juntando-se aos 12 artistas já contemplados com este apoio em 2019. Este concurso faz parte de uma atividade implementada pela Fundação Calouste Gulbenkian, que tem como objetivo atribuir 60 bolsas a artistas dos PALOP e de Timor-Leste, nas áreas da música e das artes cénicas, para apoiar a frequência de residências artísticas em países vizinhos, na Europa, Brasil ou Austrália, entre outros, e, desta forma, contribuir para o conhecimento de outros contextos de criação contemporânea, incentivar o seu reconhecimento e a sua circulação internacional.

Os resultados do concurso podem ser consultados em: https://gulbenkian.pt/grant/procultura-apoio-a-mobilidade-internacional-de-artistas-dos-palop-e-timor-leste-2/

PROCULTURA é uma Ação do Programa Indicativo Multianual PALOP – Timor-Leste e União Europeia, financiada pela União Europeia, cofinanciada e gerida pelo Camões, I.P. e cofinanciada também pela Fundação Calouste Gulbenkian. Tem por objetivo contribuir para a criação de emprego em atividades geradoras de rendimento na economia cultural e criativa nos PALOP e em Timor-Leste.