Saltar para o conteúdo

Cabo Verde: Projeto Ilhas e Encantamentos abre quatro Casas dos Contos e lança o segundo livro da coleção

  • Cabo Verde
  • espaços de educação e cultura
  • literatura

19 de Dezembro de 2023

Nos dias 11 e 14 de dezembro, o projeto PROCULTURA “Ilhas e Encantamentos” inaugurou quatro “Casas dos Contos” em Cabo Verde e lançou um livro "O Menino Pirata nas Ilhas do Encantamento - Djarmai na mi".

Nos dias 11 e 14 de dezembro, o projeto PROCULTURA “Ilhas e Encantamentos” inaugurou quatro “Casas dos Contos” em Cabo Verde, respetivamente na Ilha do Maio (na cidade de Porto Inglês e na localidade de Morrinho) e na Ilha de Santiago (na Cidade Velha e em Porto Mosquito). Nestas celebrações foi também lançado o segundo título da coleção do projeto – “O Menino Pirata nas Ilhas do Encantamento – Djarmai na mi”.

A ‘Casas dos Contos’ são locais que promovem a conexão entre a leitura, o artesanato, a música e a ilustração, estimulando a criatividade e proporcionando uma maior proximidade dos jovens com a literatura. O segundo livro da coleção Ilhas e Encantamentos é uma obra da autoria das comunidades da Ilha do Maio e as suas ilustrações são inspiradas em personagens criadas por artesãs, jovens ilustradores e alunos das escolas locais. Com o lançamento do livro foram também distribuídos kits pedagógicos para fomentar a leitura e criatividade, e houve espaço para um teatro de fantoches com as crianças.

Todos os livros da coleção são distribuídos pelas Casas dos Contos de cada país onde o projeto trabalha (Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e São Tomé e Príncipe). Cada uma delas, no final do projeto, terá concluída uma coleção com 12 livros – três livros produzidos em cada país.

 

Acompanhe o projeto em https://www.facebook.com/profile.php?id=100083421367370

 

PROCULTURA é um projeto financiado pela União Europeia, que é gerido e cofinanciado pelo Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. e conta também com financiamento da Fundação Calouste Gulbenkian. Dispõe de um orçamento de 19 milhões de euros e tem como objetivo contribuir para a criação de emprego em atividades geradoras de rendimento na economia cultural e criativa nos PALOP e em Timor-Leste.

NEWSLETTER FUTUROS CRIATIVOS

Subscreva a Newsletter Futuros Criativos