Saltar para o conteúdo

Futuros Criativos em discussão em Lisboa

2 de Fevereiro de 2020

Um conjunto de empreendedores criativos, jornalistas, representantes de organismos públicos e privados e académicos de Portugal, dos PALOP e de Timor-Leste reuniu-se em Lisboa, no final de Janeiro, para debater oportunidades e desafios do sector da economia criativa

O Encontro Futuros Criativos surge no âmbito de um projecto iniciado pela ACEP e alguns parceiros em 2014 que se propôs a conhecer e divulgar iniciativas de economia criativa em Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Ao longo destes cinco anos, o trabalho desenvolvido neste domínio contou com o apoio do Camões, I.P., da Fundação Portugal-África e da Fundação Gulbenkian.

O encontro decorreu no Museu do Oriente e reuniu 13 empreendedores criativos dos PALOP, Timor-Leste e Portugal, investigadores, jornalistas do Público e da RTP África, num total de 26 participantes. Estiveram também presentes representantes de organismos públicos e privados, como o Camões, IP e a Fundação Calouste Gulbenkian. Poderá consultar aqui a lista completa dos participantes.

O primeiro dia terminou com uma sessão pública no Museu do Oriente e com o lançamento do catálogo Futuros Criativos.  Contou com a presença do Director de Cooperação da CPLP, Manuel Lapão, do Presidente da Fundação Oriente, Carlos Monjardino, da Directora do Programa Gulbenkian Parcerias para o Desenvolvimento, Maria Hermínia Cabral, do Secretário de Estado da Cultura da Guiné-Bissau, António Spencer Embaló e do Presidente do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, Luís Faro Ramos.

No final do encontro foi apresentado o web-site Futuros Criativos, criado pela ACEP com apoios especializados, que irá ser colocado online brevemente, para apoiar e divulgar os promotores de economia criativa.

Dos dois dias de trabalho resultou um relatório que procura resumir os principais pontos de debate e um vídeo, com reflexões de alguns dos empreendedores presentes. Poderá consultar aqui mais fotografias do evento.

Para consultar o programa do evento, clique aqui.

GERAÇÃO 80, Atelier Mulemba [Angola], O2 Cabo Verde e Bonako [Cabo Verde], KuSiMon Editora [Guiné-Bissau], Karingana Wa Karingana, Machamba Criativa e Fundação Fernando Leite Couto [Moçambique], Blindesign – Ethical Solutions, DOME Ethical Store, Bairro dos Livros e Loulé Design Lab [Portugal], Dário Pequeno Paraíso [S. Tomé e Príncipe], Dili Film Works/ Bety Reis [Timor-Leste]