Saltar para o conteúdo

1 ano PROCULTURA

24 de Julho de 2020

O projeto PROCULTURA, do Programa PALOP-TL/ União Europeia, compreende duas abordagens complementares ao setor da cultura com objetivos de criação de emprego: i) desenvolvimento das capacidades nacionais, de imediato e a longo prazo, através de formação e de oferta ensino para os recursos humanos da economia criativa e cultural ao nível artístico, técnico e de gestão; ii) atribuição de subvenções a projetos nacionais, regionais e internacionais, potencialmente geradores de emprego durável, com concentração nos setores da música, artes cénicas e literatura infantojuvenil.

Ao mesmo tempo, vê na cultura uma fonte de autoestima, de solidariedade e de coesão social, capaz de favorecer as perceções positivas de perenidade, pertença e identidade; e uma fonte de valores sociais como a diversidade, a liberdade de expressão e o diálogo intercultural, indutores, na sua melhor expressão, de ambientes favoráveis ao desenvolvimento.

Passado um pouco mais de um ano desde o início, estão em curso oito atividades nos PALOP e Timor-Leste, com 443 beneficiários individuais:

(A1.1) criação de 12 novos cursos de ensino técnico, ensino superior e formação profissional nas áreas técnicas de suporte da cultura;

(A1.2) concursos para bolsas de licenciatura e mestrado e de residências artísticas nas áreas da música e artes cénicas, em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian, com 36 bolseiros até esta altura;

(A1.3) abertura do concurso para bolsas de mobilidade académica nas áreas da cultura, em parceria com a AULP e a CPLP;

(A1.5) curso de Empreendedorismo Cultural e Fontes de Financiamento, em parceria com a AECID/ Programa ACERCA, já com 118 profissionais formados em posições de liderança no setor da cultura;

(A1.6) criação do fundo DIVERSIDADE para atribuição de pequenas subvenções à economia criativa e cultural, com 9 projetos selecionados nos primeiros dois meses, que poderão abranger 172 beneficiários individuais;

(A3.2) cursos de Pedagogia e Didática da Literatura Infantojuvenil, com 120 educadores de infância e professores formados até esta altura.

O projeto continua até junho de 2023. Pode consultar aqui mais informações sobre os resultados do projeto.