Saltar para o conteúdo

Auto de Floripes

O teatro popular do príncipe

O Auto de Floripes é um teatro popular da ilha do Príncipe, em São Tomé e Príncipe, com origens nas histórias medievais europeias do imperador Carlos.

The medieval style play Auto de Floripes is part of Príncipe’s Island popular theatre that was introduced in the island probably during the nineteenth century, as a representation of conflicts between Muslims and Christians. Nowadays, it is an integral part of the region’s annual fest, engaging the population in theatre, music and dancing. As such, Auto de Floripes continues to be a central feature of Príncipe’s cultural heritage.

O Auto de Floripes é um teatro popular da ilha do Príncipe, em São Tomé e Príncipe, com origens nas histórias medievais europeias do imperador Carlos Magno. Esta importante manifestação cultural terá sido introduzida na ilha no século XIX e faz hoje parte da festa anual da região, a festa de São Lourenço, celebrada a 15 de Agosto. Com o arranque das festividades, logo ao amanhecer, a população local é despertada pelos tambores e cornetas para a representação, nas ruas da capital Santo António, do conflito entre cristãos e mouros. O argumento conta, ao longo de três dias, a história do Almirante Balão e de Carlos Magno, e de seus embaixadores, que disputam as santas relíquias e a conversão religiosa ao islamismo e ao cristianismo. A celebração deste teatro de rua envolve a população e inclui ainda música e dança.

O Auto de Floripes da ilha do Príncipe é uma celebração muito importante na ilha e tem sido representado noutros países, sendo reconhecida, a par do Tchiloli, como uma muito importante parte do património cultural, das artes performativas, do país, do continente e do mundo.