Saltar para o conteúdo

Ku Si Mon

Uma aposta no futuro com as próprias mãos

Para os seus fundadores a Ku Si Mon (do criol guineense Com as Próprias Mãos) é uma aposta na independência, no futuro.

For the founders, Ku Si Mon (or, “with your own hands”, in Guinea Bissau’s Creole), the first private book publisher in the country, represents an investment in independence, in the future and in development in Africa. Its catalogue includes key works and authors of Guinea Bissau, and a collection of tales of oral tradition that are an important part of the country’s literary heritage. Ku Si Mon is a founding member of the Alliance of Independent Editors, an international association with headqu

Ku Si Mon  é a primeira editora privada guineense. Foi criada em Bissau, em 1994, a seguir à liberalização política e à instauração do multipartidarismo, por Abdulai Sila (escritor guineense), Teresa Montenegro (investigadora chilena) e Fafali Koudawo (investigador togolês). Para os seus fundadores a Ku Si Mon (do criol guineense Com as Próprias Mãos) é fundamentalmente, uma aposta na independência “reclamada pelo significado kriol das três sílabas”, uma aposta na África que Ku Si Mon aspira a descobrir e dar a conhecer mais através de uma melhor comunicação com os outros”.

A editora tem como principais domínios de intervenção, a literatura (romances, contos, ensaios), a tradição oral (recolhas de contos, provérbios, adivinhas) e a linguística (dicionários analógicos bilingues). Tem publicado textos em português e edições bilingues criol-francês e criol-português. No seu catálogo encontram-se obras e escritores de referência da Guiné-Bissau, com reconhecimento além-fronteiras, e uma importante coleção de contos orais, que são parte do património literário do país, tendo a editora desempenhado um papel fundamental na sua preservação e divulgação.

A Ku Si Mon tem funcionado com base no trabalho não remunerado dos seus membros, que executam todas as fases da edição prévias à impressão. As despesas de funcionamento são igualmente suportadas pelos seus membros, que aplicam as receitas na edição de novos títulos. Ocasionalmente a editora tem patrocinado eventos artísticos, particularmente exposições.

Nos quatro primeiros anos da sua existência, a Ku Si Mon Editora publicou cerca de uma vintena de títulos. Durante a guerra de 1998-99 a sua sede foi bombardeada, tendo perdido boa parte do seu património. Em 2003, a editora retomou os seus trabalhos com a publicação do livro “Contos da Cor do Tempo”, uma colecção de doze contos, editada especialmente para celebrar os seus 10 anos de existência.

A Ku Si Mon Editora está integrada em redes internacionais e é membro fundador da “Aliança dos Editores Independentes”, uma associação internacional que congrega 75 editores de 42 países, sediada em Paris.

Sector

Editoras e Livrarias
País

Guiné-Bissau
Web

Web-site

Morada Edifício SITEC, Rua José Carlos Schwarz, C.P. 268 – Bissau, Guiné-Bissau

Endereço electrónico info@kusimon.com